Kissinger ameaça Aldo Moro de morte

 

Leio  na edição italiana do  bestseller italiano de  Ferdinando Imposimato (senador e megistrado italiano) “I 55 giorni que hanno cambiato l´Italia”,  Newton  Compton Editori, 2013),  que dirigiu muitos processos contra a mafia e o sequestro de Aldo Moro  naquele país, que Henry Kissinger, ex-ministro norte-americano, ameaçou  Aldo Moro de morte, explicitamente em l974.

A ameaça (pgs. 58, 59)  relatada pela mulher de Aldo Moro,  Eleonora, a um juiz, com os seguintes termos: “Senador  Aldo Moro, o senhor deve abandonar o seu projeto político de levar todas as forças do seu País a colaborar diretamente com seu planejamento. Ou o senhor para com isso ou pagará caro. Veja o senhor como  desejará entender a coisa”.

Comparando  a intervenção norte-americana no Chile com o que projetava para a Itália, Kissinger já havia dito aos italianos em l974: “Vocês já nos acusam pelo  (apoio ao golpe n.d.r) Chile. Nos acusariam ainda mais duramente se não tivéssemos feito  nada  para impedir a chegada dos comunistas  em outros países do ocidente europeu”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *